Translate

segunda-feira, 25 de abril de 2011

A aceleração do fluxo na parte superior de um perfil

Essa breve postagem , visa despertar ao leitor para uma forma diferente de se observar , e raciocinar a respeito das explicações convencionais a cerca da sustentação num perfil aerodinâmico , nós encontramos respaldo para escrever esse texto, num artigo da revista brasileira de ensino de física intitulada: " A Dinâmica dos Fluidos Complementada e a Sustentação da Asa" . A idéia chave é a seguinte, as explicações convencionais nos indicam que a maior velocidade do ar no extradorso do perfil se deve ao maior percurso percorrido por até o bordo de fuga , no entanto, se fizermos testes com marcadores de fumaça, verificaremos que a porção de ar que se separa ,no bordo de ataque , não se reunirá novamente no bordo de fuga, de forma que a parte superior do fluxo será acelerada de a muito em relação à inferior. Sendo assim , o que causaria as diferenças de velocidade? O ponto chave é este, a aceleração na parte superior do perfil é causada por ação da aceleração centrípeta, o ar acompanha os contornos do perfil, de acordo com o efeito coanda , isso gera uma zona de baixa pressão, que acaba por acelerar o fluxo. E de forma contrária ,a maior pressão abaixo é gerada por uma gradiente de pressão ,que resulta da ação de força centrífuga. Mais detalhes, e o desenvolvimento dos cálculos pode ser encontrados, no artigo que contém muitas explicações, e foi muito bem formulado. Aqui nós fizemos apenas um apanhado.

Raphael Elias