Translate

sexta-feira, 19 de junho de 2009

As forças que atuam em uma aeronave.


Basicamente existem quatro forças que atuam em uma aeronave , forças essas que se equilibram quando o avião se encontra em vôo reto e a velocidade constante,são elas:


A tração produzida pelo motor trabalhando em conjunto com a hélice que tende a "puxar" a estrutura do avião para frente dando velocidade a ele.


O "arrasto" ou resistência do ar provocado pelo contato das correntes de ar com avião em velocidade , essa força atua em sentido contrário à tração e tende a retardar o movimento do avião.


O peso é o produto da massa do avião pela aceleração da gravidade e tende a puxar o avião para baixo, essa força atua com maior intensidade onde se localiza uma maior quantidade de massa junta.


A sustentação é a força que puxa o avião para cima e tende a vencer a gravidade , essa força é

produzida pela diferença de pressão entre as partes de cima e de baixo da asa e atua em sentido contrário a força peso.

sábado, 13 de junho de 2009

A asa de um avião.


Se observarmos o perfil da asa de um avião, ou seja , sua secção em corte ,poderemos observar que apesar da diversidade dos modelos elas assumem um formato similar ao da figura.

Basta nos lembrarmos do tubo de venturi e assim podemos comparar a face superior do perfil com o estrangulamento do tubo, o fato é que ambos desempenham o mesmo papel em relação a pressão citada anteriormente,ou seja tendem a diminuir a pressão estática ao seu redor.

E o fator decisivo no momento de uma asa ao alçar vôo é justamente uma diferença de pressão entre a parte superior e inferior desta.

terça-feira, 9 de junho de 2009

Bernoulli e o Tubo de venturi.


Dispondo de um tubo, cujo diâmetro diminui no centro ( estrangulamento do duto ) Bernoulli fez que passasse por ele um fluido ( que no caso pode ser líquido ou gasoso) e observou que ao passar pela parte mais estreita do tubo o fluido tinha sua velocidade aumentada em relação à parte normal , quando o diâmetro voltava a sua normalidade e a velocidade se reestabelecia e as conclusões básicas do cientista foram as seguintes:


- Um fluido ao migrar de um espaço maior para outro menor tende a aumentar sua velocidade, e consequentemente sua pressão dinâmica.


-Enquanto o fluido passa pela secção normal do duto sua velocidade é constante e menor do que na parte "estrangulada", desse modo um fluxo saindo da parte estreita e entrando na parte mais larga tende a reduzir sua velocidade, reduzir a pressão dinâmica e aumentar a pressão estática.


E de modo não técnico podems definir essas pressões da seguinte maneira :


-Pressão dinâmica : É salientada em um corpo quando este é submetido a um fluxo de alta velocidade. Como consequência a massa de ar em torno dele tende a ter baixa pressão atmosférica.


-Pressão Estática: Aparece quando sobre um corpo incide um fluxo de baixa velocidade, e esse tende a criar uma zona cuja pressão em torno do corpo é maior.


Obs: ( alguns desses conceitos deixam de ser válidos , quando se trata de velocidades muito altas, isto é sônicas e supersônicas.)

domingo, 7 de junho de 2009

Como os aviões voam?


De certo muitas pessoas devem se questionar:Como essas máquinas fantásticas e mais pesadas que o ar podem viajar livremente pelo céu , e até em grandes velocidades pelo imenso vazio?

O começo dessa resposta deve nos lembrar justamente de um detalhe simples de que nos esqueçemos, o espaço não é um simples vazio, o ar atmosférico flui ,tem peso, densidade, pressão,e se quase nãe sentimos essa pressão é porque ela é igual de todos os lados como acontece quando estamos dentro da água.
O ar que nos rodeia é composto em sua maior parte por nitrogênio ( cerca de 78%), oxigênio ( cerca de 21%),e por outros gases em frações menores como o argônio.

É justamente na dinâmica desse ar isto é no seu movimento que começamos nossa explicação em torno do vôo.
mas antes de prosseguirmos é necessário que tomemos conhecimento sobre alguns conceitos que foram descobertos experimentalmente por Bernoulli, mas isso é na próxima postegem.

sábado, 6 de junho de 2009

Começando a levantar vôo!

Não sou o primeiro nem o último que disponibiliza na internet conteúdo relativo a aviões e aeronáutica, nem sou formado em engenharia (ainda), mas, meu objetivo com esse blog é levar aos amantes do vôo que ainda são leigos as premissas básicas, que os permitirão entender o funcionamento das aeronaves e assim paulatinamente vamos aprender e evoluir juntos nesse fantástico ramo da ciência.